Usuários do Rio Paranaíba reúnem-se com CBH Paranaíba em videoconferência

Na tarde desta quarta-feria (13) representantes de usuários e do governo municipal reuniram-se com a Diretoria da CBH Paranaíba, em videoconferência, transmitida direto do Centro Cultural Municipal de Centralina, com o fim específico de discutirem os impactos ambientais e transtornos causados a várias classes formadas, como a dos produtores rurais, de empresários, turismo, pescadores, irrigantes e meio ambiente por ações ocorridas recentemente no uso da água pela empresa Enel, que tem a geração e distribuição de energia elétrica e na distribuição de gás natural, como sua atividade principal.

Recentemente houve uma mortandade de peixes muito grande, o que afetou diretamente os pescadores artesanais da região de Cachoeira Dourada, Centralina, Canápolis, Capinópolis, Araporã e outras cidades; causados pela manutenção da empresa em suas hidrelétricas e consequentemente com a falta de água nos mananciais e represas onde há essas atividades, como também transtornos causados a vários usuários da água nessas regiões.

A Diretoria da CBH ouviu atentantemente as colocações do Presidente da APRC Associação dos Produtores Rurais de Centralina, Sr. José Hermilon Floresta, do Diretor e representante jurídico da CGL – Comissão Gestora Local, Dr. José Carlos Custódio, do Presidente da Colônia de Pescadores de Cachoeira Dourada, Sr. Tony, da representante dos Produtores Rurais, Sra. Clércia Floresta, do Diretor de Turismo de Centralina, Sr. Carlos Júnior Freitas e do Secretário Municipal da Indústria, Comércio, Agropecuária, Meio Ambiente e Turismo, Sr. Rodrigo Lucas. Esteve presente também o Vereador Oroídes Queiroz, representando a Emater-MG, Sr. Adriano de Araújo e Silva e também a APRC o Sr. Wenderson Nunes Cardoso, além de dezenas de pescadores artesanais do município.

Todos expuseram suas posições em relação ao acontecido e as possíveis propostas com o fim de formarem uma parceria entre todas as entidades envolvidas e a hidrelétrica, para deliberarem ações que minimezem os impactos negativos causados.

A Diretoria da CBH ouviu atentamente e propôs contatos posteriores para deliberarem a respeito do assunto e chegarem num acordo mútuo, que com certeza virá, para o bem comum de todos.

One thought on “Usuários do Rio Paranaíba reúnem-se com CBH Paranaíba em videoconferência

  • 13 de abril de 2022 em 21:32
    Permalink

    Que pena Centralina não tem entrada para o Rio Paranaíba comunitaria
    As entradas para o Rio são particulares

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.